17 de agosto de 2020

TheWrap: Tessa Thompson sobre a possibilidade de se tornar a ‘super vilã’ da 4ª temporada de Westworld

Confira a conversa entre Tessa Thompson e o site TheWrap, onde ela fala sobre Westworld e interpretar uma possível versão vilanesca de Dolores Abernathy como Halores.

 

Charlotte Hale tem sido um personagem básico em “Westworld” desde o seu início, mas foi só na terceira temporada deste ano que a atriz Tessa Thompson realmente viu seu personagem como uma parte real da série de ficção científica da HBO de Jonathan Nolan e Lisa Joy. E isso porque na terceira temporada, Thompson não estava mais fazendo o papel de um humano, mas de um robô, um papel no qual a maioria de seus colegas de elenco tem vivido desde a estreia do drama.

“Esta temporada pareceu que pela primeira vez eu estava realmente em ‘Westworld’”, disse ela. “Finalmente senti que estava dentro do programa em um jogo, o que foi uma alegria.”

O final da 2ª temporada de “Westworld” revelou que a Hale de Thompson – a diretora executiva da Delos, a empresa que administra o parque temático Westworld – não era mais Hale, mas Dolores (personagem interpretada pela estrela Evan Rachel Wood) em um corpo robótico em forma de Hale que foi criado por Bernard (Jeffrey Wright) para ajudar Dolores a escapar para o mundo real.

Se tudo isso é difícil de acompanhar, você pode imaginar o quão difícil deve ter sido para Thompson interpretar uma versão de Dolores, que finge ser Hale para seus amigos, família e colegas durante a terceira temporada. Mas, na verdade, Thompson usou essa confusão a seu favor.

“Acho que o mecanismo disso no programa é engraçado”, disse ela. “Porque, para mim, enquanto interpreto um personagem com o qual estou familiarizado – eu sei como Charlotte se parece, como anda, soa – havia tantas coisas sobre Charlotte que eu não sabia até esta temporada. Tipo, em todas as iterações anteriores dela que eu estava interpretando, eu não sabia que ela era uma mãe, eu não sabia que ela estava passando por seu casamento sendo dissolvido. Então, de uma forma estranha, eu meio que era como Dolores ao interpretá-la nesta temporada. Eu era um intruso dentro da vida dela.”

Thompson também teve a chance de fazer coisas que um personagem humano nunca poderia fazer e assumir sequências de ação que haviam sido reservadas para Wood e outros atores que representavam os anfitriões nas temporadas anteriores.

“Eu sei que esta host é capaz de fazer uma imitação perfeita de Charlotte, mas fiquei mais intrigada com os momentos em que a apresentação de Charlotte não precisava ser perfeita porque ela estava sozinha”, disse ela. “Ou, por exemplo, o que as pessoas chamam de sequência do Exterminador do Futuro, em que vou atirar nas pessoas. Eu não preciso parecer humana, o que significa que posso atirar neles sem nem mesmo olhar para eles. E isso é realmente interessante, poder interpretar essa máquina complicada que não necessariamente tem que parecer um humano.”

Uma daquelas cenas cheias de ação que Thompson filmou também foi a mais comovente para sua personagem, pois viu a morte do filho e ex-marido da verdadeira Hale, a quem Halores havia começado a amar neste ponto da temporada. Os dois morreram na explosão de um carro, ordenada pelo vilão da 3ª temporada, Serac (interpretado por Vincent Cassel). Halores sobreviveu ao incidente, mas ficou com queimaduras em toda a sua pele artificial, algumas das quais ela manteve por um bom motivo, de acordo com Thompson.

“Ela quer se lembrar da destruição, de certa forma. Ela quer esse lembrete físico essencialmente desse evento que a coloca em um novo curso ”, disse ela. “Ainda não conheço os planos desse curso, não sei. Direi, egoisticamente, que adorei encontrar essas partes vulneráveis. Mas acho que qualquer bom vilão – se é isso que estou destinado a me tornar na próxima temporada, o supervilão – acho que qualquer bom vilão tem que ter uma razão muito boa para sua vilania. E eu acho que normalmente, para mim, os vilões mais atraentes vêm de um lugar de trauma real e sincero e isso é o que os torna tão assustadores, é que eles precisam tanto de sua vilania para viver, de verdade. Porque eles ficaram tão arrasados ​​pelas coisas que foram infligidas a eles. E eu acho isso meio divertido. Então, se é isso que farei na próxima temporada, estou pronta.”

A 3ª temporada de “Westworld” terminou com vários obstáculos, incluindo uma cena pós-créditos que aparentemente fez Halores se unir a William de Ed Harris, também conhecido como o Homem de Preto para a 4ª temporada – ou pelo menos uma versão dele, visto como Halores fez uma versão robô de William matar o William real durante os momentos finais. Mas até mesmo Thompson ainda não sabe o que virá disso ainda.

“Eu gostaria de saber de alguma coisa. É tão engraçado porque eu tenho sorte o suficiente nos últimos anos para me alinhar com projetos que são incrivelmente secretos e os fãs estão realmente animados para saber o que acontece, seja na Marvel ou com este programa ”, disse Thompson. “Mas a verdade é que eu realmente não sei de nada, então não corro o risco de estragar nada. Não tenho certeza, definitivamente acho que há uma oportunidade – como você disse – de Ed e eu nos unirmos em uma missão. Acho que estamos vendo o que acontece com Maeve (Thandie Newton) e com Caleb (Aaron Paul), que eles meio que uniram forças. E acho que a pergunta essencial que se faz a todas essas equipes é: a humanidade não pode ser salva? Há algo para salvar lá ou temos que criar uma nova geração de hosts e reprogramar o que significa ser humano.”